• Matheus Dantas

ROUBE COMO UM ARTISTA, AUSTIN KLEON | MATHEUS INDICA

Atualizado: Jan 6

Mais uma indicação, o livro "Roube como um artista" é uma obra do Austin Kleon, que descreve em poucas páginas, mas bastante inspiradoras, como ser criativo em um mundo digital. Li na semana passada e, para mim, já se tornou uma leitura indispensável, para ser relida de tempos em tempos, sempre precisar exercitar a criatividade.

Como assim roubar?


Afinal pelo título, você pode imaginar que são métodos para roubar ideias dos outros, mas não são. O principal ponto do livro é como aproveitar a inspiração e admiração que sentimos de artistas (e qualquer referência) para abrir sua mente e desenvolver um olhar criativo.


Austin acredita que hoje em dia nada mais é criado e que tudo o que construímos foi inspirado ou criado por algo que já existe. Ele ensina a justamente se apropriar dessas referências para inovar e desenvolver o seu próprio trabalho. Basicamente ao gostar de um artista, você deve descobrir tudo sobre ele, incluindo suas influências, para "copiá-lo" até que estará criando sua própria versão.


São 10 dicas


Ele inicia o livro falando que quando pessoas dão conselhos, ela na verdade estão conversando com elas mesmas no passado. Embora ele tenha reunido essas dicas após suas experiências em seu trabalho como escritor e designer, Austin já aponta que todas servem não apenas para artistas, mas para qualquer pessoa que queira exercitar sua criatividade, seja na vida pessoal ou profissional, independente da área em que atua.


Essas dicas se encontram logo na contracapa do livro e são:


1) Roube como um artista;

2) Não espere até saber quem você é para poder começar;

3) Escreva o livro que você quer ler;

4) Use as mãos;

5) Projetos paralelos e hobbies são importantes

6) O segredo: faça um bom trabalho e compartilhe-o com as pessoas

7) A geografia não manda mais em nós

8) Seja legal (o mundo é uma cidade pequena)

9) Seja chato (é a única maneira de terminar um trabalho)

10) Criatividade é subtração


Todos os capítulos contam com ilustrações, exercícios e gráficos, o que faz do livro como um manual de "pegar boas referências" para desbloquear a criatividade. Austin apresenta exemplos pessoais, o que acaba gerando uma identificação com o leitor. Quando ele aponta que devemos compartilhar e contar aos outros, eu já logo me lembrei das dificuldades que tive para divulgar meu site, e blog.


Um trecho do livro bastante inspirador é:

Se tivesse esperado para saber quem eu era ou o que eu queria fazer antes de começar a "ser criativo", bem, eu ainda estaria sentado tentando me entender ao invés de estar fazendo o que quer que seja. Pela minha experiência, é no ato de criar e de fazer nosso trabalho que descobrimos quem somos. Você está pronto. Comece a fazer.

São 160 páginas e é possível ler em 1 dia. O livro ganhou a lista dos mais vendidos do The New York Times e figurou no ranking de 2012 da rede Amazon. Se tiver interesse em comprar, acesse nesse link para saber mais.


E você já leu esse livro? Sente que precisa ou que pode ser mais criativo?

Transparência: Meu site faz parte do Programa de Associados da Amazon.com.br, que permite monetizar o blog com esses links.

Torne-se membro do blog para me ajudar, clicando em Registre-se no topo dessa página, e poder comentar. Não se esqueça de compartilhar esse post com alguém que possa gostar.


Você pode acompanhar minha rotina e jornada como artista no Instagram, alguns vídeos no TikTok, ver meus pins e pastas no Pinterest e outras coisas aqui no Twitter. omatheusdantas_ em todas as redes sociais.

56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
google.com, pub-6502370055970501, DIRECT, f08c47fec0942fa0