• Matheus Dantas

SE ALGO ACONTECER... TE AMO E A EMOÇÃO EM 12 MINUTOS

Atualizado: Jan 12

As pessoas precisam conhecer e assistir esse curta-metragem, disponível na Netflix. Trata-se de um tema muito importante, tratado com bastante sensibilidade e emoção. Já deixo minha sugestão logo nessa introdução: assista sem saber do que se trata e sem ler absolutamente nada; sua experiência e descoberta será muito interessante. Depois volte aqui e leia mas sobre ele.

If Anything Happens, I Love You

Esse post contém spoilers de Se Algo Acontecer...Te amo.


Sobre o curta


Como na própria sinopse, um casal enfrenta um vazio emocional e tenta processar o luto pela perda de um filho. E justamente por se tratar de um tema tão delicado, o curta-metragem consegue abordar esse assunto de uma maneira realmente emocionante, em seus 12 minutos de duração sem falas, apenas com onomatopeias.


Sua narrativa se constrói a partir da combinação das cenas dos personagens com suas sombras, as quais relevam seus pensamentos e sentimentos. Aos poucos, isso se mistura às memórias dos pais que recordam diversas fases da vida de sua filha, desde o nascimento até o falecimento, o que permite entender o contexto apresentado no início do curta.


Por se tratar desse assunto delicado, a emoção é bastante marcada e vem à tona quando se descobre o significado da frase “Se algo acontecer... Te amo”. A menina é morta durante um tiroteio em sua escola, o que mostra uma escolha pela causa da morte bastante específica, a qual se intensifica ao colocar uma bandeira norte-americana colorida durante a cena, já que esse tipo de situação acontece com certa frequência no país.


Um dos pontos de destaque é a cor durante o filme, com o preto e branco predominantemente em boa parte do curta representando o luto. Contudo, no meio das memórias de sua filha surgem diferentes cores, que através das cenas, mostra como ela conectava sua família, especialmente pela cor amarela.


Com direção e roteiro por Will McCormack e Michael Govier e a animação pela desenhista Youngran Nho, a trilha sonora ficou basicamente por conta da música 1950, da cantora norte americana King Princess.


De uma maneira geral, o curta-metragem retrata com muita sensibilidade o tema do luto que é essencialmente o que move a narrativa. Vale muito a pena e recomendo muito que todos conheçam essa produção.


Agora me conta: você se emocionou assistindo? O que achou do curta-metragem?

Torne-se membro do blog para me ajudar, clicando em Registre-se no topo dessa página, e poder comentar. Não se esqueça de compartilhar esse post com alguém que possa gostar.

Você pode acompanhar minha rotina e jornada como artista no Instagram, alguns vídeos no TikTok, ver meus pins e pastas no Pinterest e outras coisas aqui no Twitter. omatheusdantas_ em todas as redes sociais.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 
google.com, pub-6502370055970501, DIRECT, f08c47fec0942fa0